Sete razões para dizer não ao BRT que ameaça rios e árvores

Para que um BRT (sigla para Bus Rapid Transit, que quer dizer “tráfego rápido de ônibus”) que destroi áreas verdes, encobre rios e prevê o gasto de milhões de reais com um modelo comprovadamente ineficaz? Sim, somos a favor de transporte público, mas somos a favor, ainda mais, de transporte público INTELIGENTE, que valorize as características da cidade, preserve árvores, matas e rios e crie ambientes favoráveis a pedestres, ciclistas e moradores locais. Nesta sexta-feira, às 15h, vai ter uma audiência pública sobre a mobilidade urbana em Salvador, e precisamos unir forças para comparecer e dizer não à BRT. Neste flyer que você pode compartilhar com o maior número de pessoas estão alguns dos principais motivos pelos quais essa obra precisa ser evitada: além de cortar 579 árvores de grande porte e copas encorpadas que já influenciam o microclima local, inclui a impermeabilização do solo (quantos países passaram a destamponar seus rios porque viram que estavam errados?), a construção de viadutos que degradam a paisagem e criam áreas hostis para pedestres, está numa área já contemplada pelo metrô, e se configura como a obra de BRT mais cara do Brasil! Quer mais motivos pra dizer não a esse projeto? Junte-se a nós por uma Salvador mais verde, humanizada, agradável, inteligente, fluida, verde!

#nãoqueremosBRT #pelacidadeverde #weneedtrees #nomorecars #corredorverde #riosabertos #mobilidadehumana #maisbicicletas #morebikes #lessconcrete #sosmataatlantica #sosvaleencantado #mobicidade_ssa #casalafridasalvador #pipocaindignada #vivaoparquedepituacu #canteiroscoletivos