Nova voluntária do Bridge Year Program

Nesta quinta (21), faz uma semana que começamos a receber a voluntária intercambista Jimin Kang, originária da Coréia do Sul, e atual moradora dos Estados Unidos, que estará conosco até abril de 2017, Jimin tem 18 anos e é bolsista do Bridge Year Program (BYP), um programa de intercâmbio da Universidade de Princeton, de Nova Jersey, onde ela começa a…

Jardineiros mirins no espaço público junto com A Feira da Cidade

Com alegria já participamos de três edições de A Feira da Cidade realizando a Oficina de Jardinagem para Bebês e Crianças de até 5 anos de idade, que já está em sua quinta edição sempre com muita procura e participação de crianças e familiares. Além de plantar sementes e mudas em caixinhas de leite que levam para casa, os pequetitos…

No Gantois, uma nova parede para Dona Ada

Última intervenção do semestre realizada no Gantois com apoio da disciplina Matas Urbanas (UFBA): uma parede incrível para a lanchonete de Dona Ada, com direito à uma gravação de reportagem acompanhando todo o processo. Foi um sábado especial, com presença da turma de universitários, voluntários dos Canteiros Coletivos, moradores do bairro, muitas crianças, o seu Antônio de 82 anos, e…

The lab of Vale do Canela

{ Anna Marsh Diary } The tragedy of the commons: A phrase invoked to describe the phenomenon that occurs when individuals act based on their own self-interest within the context of communal space or resources. In other words, what happens when everyone thinks to themselves, “will this really make a difference,” as they discard a Snickers wrapper in a park…

O canteiro laboratório do Vale do Canela

{ Diário de Anna Marsh } A tragédia dos comuns: uma expressão invocada para descrever o fenômeno que ocorre quando indivíduos agem baseados em seu próprio interesse num mundo onde o espaço e os recursos são partilhados. Em outras palavras, é o que acontece quando se usa a lógica do “isso realmente não vai fazer diferença” quando alguém descarta uma embalagem de bombom num…

#PlantasNoPoste

Inspirados na proposta Plantas no Cimento SP, instalamos garrafas de amaciante com plantas num poste da rua que fica em frente ao berçário de mudas dos Canteiros Coletivos… É uma ideia simples que pode mudar a cara da cidade. Esperamos que quem passe possa ajudar a cuidar, regar, para manter a beleza das flores e plantas ‪#‎ameanatureza‬ ‪#‎floresnacidade‬ ‪#‎plantasnoposte‬ #‎plantasnocimentosp‬

Ações no Gantois recebem apoio da disciplina Matas Urbanas, da UFBA

Neste sábado, 2 de abril, celebramos a terceira atividade conjunta com a turma da disciplina Matas Urbanas da Universidade Federal da Bahia, que propôs uma bela parceria nas ações dos Canteiros na comunidade do Gantois contribuindo com força coletiva e materiais necessários para práticas de jardinagem e arte urbana com crianças e adolescentes do bairro. O objetivo de cada encontro é…

Jardineiros mirins invadem A Feira da Cidade

Domingo foi dia de estrear a linda parceria dos Canteiros Coletivos com A Feira da cidade #AFeira no canteiro central da Av. Centenário. Também foi a primeira vez em que realizamos a oficina de Jardinagem para Bebês e Crianças no espaço público. A participação da criançada foi incrível! Plantamos mudas de algodoeira, neem, guiné e maracujá e cada pequenino e…