Confira as escolas pré-selecionadas pelo projeto Escola Verde com Afeto

Iniciamos nesta semana a primeira fase do processo seletivo das 250 escolas inscritas no projeto #EscolaVerdecomAfeto  Até quinta-feira (13), faremos as visitas técnicas a espaços de nove escolas que nos enviaram fotos de depósitos irregulares de lixo e entulho em seu entorno com interesse de transformá-los em jardins com paineis artísticos.  São elas: Centro Municipal de Educação Infantil Waldeck Ornelas,…

Mapeamento Afetivo: Em 15 anos, moradora cria uma pequena floresta urbana

Saudade da série Mapeamento Afetivo? Pois aqui vai mais uma área verde transformada por uma antiga moradora de Salvador. Filha de imigrantes japoneses, nascida em São Paulo, a octogenária Myriam Mineco Hirai Okabe vive na capital baiana com o marido há cerca de 20 anos, e tem pelo menos 15 que cuida de uma praça no bairro do Itaigara. Segundo ela, o…

Mapeamento Afetivo: Nos Barris, moradores decidem implantar horta em praça reformada

E continua a série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Desta vez, vamos falar da Horta Comunitária dos Barris, criada dentro da Praça Almirante Coelho Neto por um grupo de moradores da região. A entrevista a seguir, com o estudante de biologia Tales Barros, uma das lideranças da proposta, foi feita por nossa…

A transformação que os olhos não vêem

Nem tudo se mede com números. Muita coisa, aliás, só pode ser medida através de uma observação cuidadosa e sensível. Quando falamos em transformação do espaço público, não falamos necessariamente no ato absoluto de instalar um jardim e uma mobília numa praça. Ou no plantio de um certo número de árvores em um canteiro central. Falamos, isso sim, na mudança…

Mapeamento afetivo: Em Itapuã, uma praça é mantida através de rifas

Acompanhe o novo espaço da série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Trata-se de uma iniciativa dos Canteiros Coletivos, com a proposta de partilhar estratégias locais de ocupação criativa de áreas públicas e de inspirar as pessoas a fazer o  mesmo próximo de casa ou do trabalho. O levantamento inicial está sendo realizado…

Mapeamento Afetivo: Área abandonada no Itaigara virou praça com obras de arte

Confira a primeira entrevista da série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Trata-se de uma iniciativa dos Canteiros Coletivos com a proposta de partilhar estratégias locais de ocupação criativa de espaços públicos e inspirar as pessoas a fazer o mesmo próximo de casa ou do trabalho. O levantamento, que busca…