Dia Mundial da Água celebrado com descarte consciente de resíduos e plantio de flores

No Dia Mundial da Água, 22 de março, o movimento Canteiros Coletivos fez uma linda ação conjunta de plantio de flores com o Instituto LImpa Brasil – Let’s do It na Praça da Igreja Matriz de São Cristóvão. Atuante desde fevereiro em Salvador, o Limpa, presente em 150 países, propõe mutirões de limpeza para que as pessoas se sensibilizem com os resíduos jogados nas ruas e tenham consciência da importância que esse material tem na geração de renda de milhares de catadores e cooperativas. Além disso, o descarte consciente de resíduos mostra que a gestão coletiva da limpeza das ruas diminui criadouros de mosquitos transmissores de doenças e entupimento de bueiros. Quem participou da ação para falar um pouco mais da importância desse material – o resíduo reciclável -, foi Tião Santos, catador carioca protagonista do documentário Lixo Extraordinário, sobre o trabalho do artista plástico Vik Muniz, que venceu prêmios de público nos festivais de Sundance e Berlim em 2010, e concorreu ao Oscar de melhor documentário em 2011.

Uma turma de estudantes da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, coordenadores das equipes de Controle de Zoonoses de toda a cidade, uma equipe da empresa Viva Ambiental, do Grupo Estre, que atua na gestão de resíduos desta região da cidade, e representantes de Unidades Básicas de Saúde (UBS), de Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e do grupo de idosos do bairro também marcaram presença, além de moradores locais e usuários da praça. Após uma roda de abertura em que se falou sobre a potência de transformação das ações coletivas e a importância de se dar o destino correto ao recicláveis, cerca de 40 pessoas se dividiram em grupos para coletar os resíduos no entorno da praça. Ao todo, os participantes recolheram cerca de 12 kg de material em cerca de 30 minutos de atividade, entre garrafas pet, papelão, embalagens diversas, tampinhas e sacolas plásticas, restos de papel e latas.

O movimento Canteiros Coletivos coordenou o plantio de flores em dois canteirinhos ao redor de árvores, dando um novo visual a espaços que estavam servindo de lixeirinhas. E a equipe da Viva Ambiental ofereceu uma oficina de compostagem aos estudantes da escola. Afinal, resíduos orgânicos podem virar adubo para cultivas as plantas da própria praça, não é?

Ficamos orgulhosos de participar de mais essa ação e de estar ao lado do Limpa Brasil – Let’s do It, que vai realizar este ano na capital baiana um calendário mensal de atividades culminando, no dia 15 de setembro, em um mutirão de limpeza mundial chamado World CleanUp Day. Vamos seguir essa galera, com certeza!