Inscrições abertas para mais uma vivência de jardinagem com noções básicas de permacultura para o dia-a-dia

Vamos nós para a segunda edição da Vivência de Jardinagem – Princípios básicos da permacultura para o dia-a-dia, com a proposta de compartilhar o conceito e os fazeres da permacultura, e de colocar em prática algumas atividades que podem te ajudar a se (re)conectar com a natureza e seus ciclos.  Inscreva-se AQUI. Nesta edição, vamos apresentar o minhocário, sua montagem…

Timbó confere ação que reuniu alunos de escola pública em prol do meio ambiente

No Mosaico Baiano de sábado, 5, o apresentador Alessandro Timbó conheceu uma turma de alunos de uma escola pública de Salvador, que transformou uma zona de lixo a céu aberto em um lindo canteiro coletivo. A diretora Elenilda de Sá contou que o entulho era jogado na parede da escola, e viu a possibilidade de mudar isso. “Passamos muitos anos divididos pelo lixo, sem…

Mapeamento Afetivo: Nos Barris, moradores decidem implantar horta em praça reformada

E continua a série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Desta vez, vamos falar da Horta Comunitária dos Barris, criada dentro da Praça Almirante Coelho Neto por um grupo de moradores da região. A entrevista a seguir, com o estudante de biologia Tales Barros, uma das lideranças da proposta, foi feita por nossa…

A transformação que os olhos não vêem

Nem tudo se mede com números. Muita coisa, aliás, só pode ser medida através de uma observação cuidadosa e sensível. Quando falamos em transformação do espaço público, não falamos necessariamente no ato absoluto de instalar um jardim e uma mobília numa praça. Ou no plantio de um certo número de árvores em um canteiro central. Falamos, isso sim, na mudança…

Mapeamento afetivo: Em Itapuã, uma praça é mantida através de rifas

Acompanhe o novo espaço da série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Trata-se de uma iniciativa dos Canteiros Coletivos, com a proposta de partilhar estratégias locais de ocupação criativa de áreas públicas e de inspirar as pessoas a fazer o  mesmo próximo de casa ou do trabalho. O levantamento inicial está sendo realizado…

Mapeamento Afetivo: Área abandonada no Itaigara virou praça com obras de arte

Confira a primeira entrevista da série Mapeamento Afetivo de áreas verdes transformadas e criadas por moradores e moradoras da cidade de Salvador. Trata-se de uma iniciativa dos Canteiros Coletivos com a proposta de partilhar estratégias locais de ocupação criativa de espaços públicos e inspirar as pessoas a fazer o mesmo próximo de casa ou do trabalho. O levantamento, que busca…

Canteiros Coletivos ficou entre os 30 negócios pré-acelerados pela Vale do Dendê

Criados há seis anos pela jornalista Débora Didonê na cidade de Salvador, os Canteiros Coletivos começaram na capital baiana como um movimento de intervenção urbana com ações de plantio e arte para a recuperação cidadã de áreas públicas degradadas. Desde abril deste ano, a iniciativa está na lista de 30 empreendimentos pré-selecionados pelo Vale do Dendê, escritório de apoio e…